Porque as crianças precisam de bons exemplos

As crianças precisam de bons modelos
As crianças precisam de bons modelos

As crianças modelam o comportamento dos adultos. Então, para que desenvolvam a inteligência emocional e social as crianças precisam de bons exemplos. As respostas emocionalmente inteligentes aprendem-se com a prática. É um exercício continuado que se transforma em hábito. Não basta interiorizar conceitos para consolidar essa aprendizagem.

As crianças precisam de bons modelos para aprenderem a lidar com as suas próprias emoções. E isto deve acontecer tanto na escola como em casa.

Se a pessoa não desenvolve competências socio-emocionais na infância pode tornar-se insensível ao sofrimento alheio. Pode ser indiferente à dor de outros, mesmo quando é causada por ela própria. Além disso, uma pessoa emocionalmente desligada pode afectar negativamente o desenvolvimento emocional da criança.

Regular as emoções ainda é problemático para muitos adultos actualmente. Sobretudo quando se trata de emoções intensas. Se é alguém que se desliga das emoções e tem filhos ou mantém contacto frequente com crianças, pode estar a contribuir para que o seu desenvolvimento emocional seja deficiente. Porque é esse o exemplo que a criança está a obter.

As crianças precisam de bons modelos para serem emocionalmente resilientes

As crianças assimilam os valores e atitudes em situações concretas e não por aprendizagem teórica. E o mesmo acontece com a regulação das próprias emoções. Grande parte da aprendizagem destas competências ocorre essencialmente ao nível do inconsciente, por modelagem ou imitação dos adultos. Então, se os modelos forem disfuncionais, serão esses que a criança vai reproduzir, o que terá impacto na aprendizagem das competências socio-emocionais.

Isso pode ser crítico, se a expressão da raiva for o único tipo de emoção que as crianças vêem os adultos à sua volta exprimir. Mais grave ainda é quando esta é manifestada em conflitos insensatos ou, por vezes, até violentos.

Por isso é tão importante a promoção da educação emocional e a transmissão de valores desde a infância. Estas competências são críticas para o desenvolvimento da empatia e resiliência e emocional. E porque as crianças de hoje representam o futuro precisam de bons exemplos para modelar. Assim, se queremos ter lideres fortes, resilientes e emocionalmente competentes precisamos de lhes proporcionar bons modelos a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.